Arte Serrinha

Equipe

Prev
Next

Equipes e Parceiros

Quem faz a Serrinha

Os membros da comunidade da Arte Serrinha têm uma ampla gama de experiências, interesses e conhecimento profissional e, principalmente, todos nós acreditamos que a arte faz a diferença em nossas vidas e no mundo. Nossa missão é instaurar um espaço de produção e experimentação artística, de encontros e trocas entre pessoas e a natureza. É uma comunidade que compartilha sonhos – entre nossa equipe e todas as pessoas que participam ano a ano das atividades.

FÁBIO DELDUQUE

idealizador, curador e diretor artístico

Artista visual, diretor de arte e produtor cultural, é um dos idealizadores e o curador do Festival Arte Serrinha. Desde a década de 1980, vem realizando exposições, performances e instalações em diversas galerias e museus no Brasil e exterior, destaque para a sua participação na 29 Bienal Internacional de São Paulo. Atua como diretor de arte no cinema, teatro e música, já assinou a cenografia de espetáculos e vídeoclips de grandes nomes da música brasileira, como Elba Ramalho, Vanessa da Mata, Jorge Benjor e Mart’nalia. Foi diretor de arte de filmes e curador de exposições realizadas pelo SESC SP, Satyrianas na Praça Roosevelt e Usina de Arte em Pernambuco.

CARLÃO OLIVEIRA

idealizador, produtor Busca Vida e Teatro Rural

Carlos de Oliveira, o Carlão, é empresário e chef de cozinha. Nascido em Amparo e criado em Bragança Paulista, passou um período fora de sua terra, primeiro trabalhando como cozinheiro na Itália, e em seguida comandando um bar no Pelourinho, em Salvador. Se fixou no sítio da família, na zona rural bragantina, onde criou, na velha leiteria do avô, uma pizzaria e casa de shows, sucesso na região, principalmente por um drink criado ali, que misturava pinga, mel, limão e açúcar, batizado com o mesmo nome do lugar: Busca Vida. O sítio floresceu, ganhando, além do Galpão Busca Vida, uma pousada, um restaurante de comida romagnola e um teatro. A Busca Vida é hoje servida em bares do Brasil inteiro. Carlão é um dos idealizadores do Festival Arte Serrinha.

MARCELO DELDUQUE

idealizador

Marcelo é jardineiro agrofloresteiro, editor e fotógrafo. Vive entre andanças pelo Brasil e semeaduras na Fazenda Serrinha, no ofício de aumentar e conectar fragmentos florestais e agroflorestais, espalhando essa ideia até depois de onde a vista alcança. Entre os projetos editoriais, gosta de destacar o livro “Amazônia – Prata – São Francisco: União d’águas, o imaginário das grandes bacias fluviais brasileiras”, organizado em parceria com Bené Fonteles, finalista do prêmio Jabuti 2014, e a exposiçao “Olarias”, um retrato do ofício e da vida dos oleiros da região de Bragança Paulista. Na fazenda, trabalha em campo cuidando dos programas relacionados à regeneração da paisagem. Atualmente dedica-se também a pesquisar outras iniciativas semelhantes, tecendo redes e estabelecendo conexões entre elas.

VERIDIANA ALEIXO

coordenação de planejamento

Veridiana traz para o Festival Arte Serrinha a experiência de mais de uma década na gestão e produção cultural. Coordenou a produção de grandes exposições e festivais no SESC-SP, Centro Cultural Banco do Brasil e Instituto Tomie Ohtake. É graduada em administração de empresas pela FGV-SP e formada no Programa Artistas do Invisível do Instituto Fonte (SP) e Proteus Initiative (África do Sul), que traz a abordagem fenomenológica para processos sociais. Atua também com facilitação de processos de aprendizagem no campo do desenvolvimento pessoal e organizacional como o Laboratório de Iniciativas Culturais do Programa Museu Aberto do MAM-SP e o Programa Profides: desenvolvimento como profissão do Instituto Fonte.

DANIELA VERDE

produção executiva

Formada em Geografia, é produtora e gestora cultural há 12 anos. Em Bragança Paulista idealizou e coordenou projetos de Cineclube em Escolas, Oficinas Culturais, Festivais de Teatro, Residências de Música Instrumental e Artes Visuais e Mostras de Cultura Independente. Produziu o Festival de Arte Serrinha de 2008 a 2013. Também esteve a frente da coordenação de produção e programação da Secretaria de Cultura local entre 2014-15. Atuou em projetos como: MIRADA – Festival Ibero Americano de Artes Cênicas do Sesc Santos (2010 e 2012), 7º Paraty em Foco (2011), Semana Ticket Cultura & Esporte (2011 a 2013).

FERNANDA PEREZ

comunicação

Graduada em Ciências Sociais pela PUC-SP com especialização em Gestão Cultural pela Universidade de Girona e Itaú Cultural, trabalha há mais de dez anos com comunicação e produção cultural. Em 2007, participou da idealização e concepção do site Catraca Livre, onde trabalhou por 3 anos. Foi coordenadora de comunicação do Instituto de Arte e Tecnologia Sergio Motta, consultora na área de comunicação para o Centro Cultural da Espanha em São Paulo e repórter do Programa Radiola da TV Cultura, onde também atuou como correspondente na Europa. Durante cinco anos, trabalhou como produtora e curadora da casa de shows Serralheria, em São Paulo. No Sesc São Paulo, foi editora web. Coordenou a comunicação on-line do Theatro Municipal de São Paulo. Atualmente é produtora e curadora do Bona Casa de Música.

ISABELLA KÖNIG

comunicação

Jornalista, Isabella começou a atuar como assessora de imprensa e comunicação na área de construção cívil e sustentabilidade antes mesmo da graduação. Desenvolve pesquisas aplicadas em Comunicação Social e é integrante da Rede Ensina Brasil, programa de desenvolvimento de lideranças para a Educação Pública no país. Criada na Serrinha, experimenta o Festival de diversas perspectivas, desde sua idealização. Sua busca pelas relações de contextos a levou à especialização em Direitos Humanos, Responsabilidade Social e Cidadania Global pela PUCRS.

GUSTAVO GUIMARÃES

direção de promos e gráficos

Gustavo Guimarães é roteirista, produtor criativo e diretor de cena. Desde 2016 trabalha em seu próprio estúdio criativo, com projetos na indústria criativa como séries de TV, eventos culturais, design, ativismo, cidadania, meio ambiente e arte. Trabalhou para grandes emissoras como MTV Brasil, Discovery, Nickelodeon, VH-1 e Multishow. Em 2011 começou a criar e produzir para o canal Discovery Latin America. Passou 13 anos no departamento de criação da MTV Brasil durante a fase revolucionária da emissora. Dirigiu clipes para grandes nomes da Música Brasileira.

MACAU AMARAL

locução, transmissão e host do canal

Faz filme e música desde criança. Trabalhou 12 anos na Mtv Brasil e 3 na Globo. Cria, produz e dirige projetos de conteúdo e storytelling para Globo, Mtv, Fox, Nick, Multishow, Discovery, FoodNetwork entre outros. Habilidade e experiência como diretor de criação, TV, de cena e de arte. Editor, fotógrafo, videomaker, músico e produtor musical. Locutor profissional, foi a voz da Mtv Brasil e agora no Canal Off - Globosat. Formado no Método Mesa de design thinking e prototipagem. Pai de três de meninos. Já participou do festival como aluno, líder de oficina e membro da equipe.

ANDRÉ MEJITARIAN

coordenação administrativo-financeira

Embora graduado em Engenharia Mecânica - Automação e Sistemas pela Universidade São Francisco, André Mejitarian emprega o talento para as exatas como um administrador que olha sempre para a dimensão humana. Desde 2016 atua na área financeira de instituições que possuem propósitos nobres, porém pouca disposição para a gestão administrativa. Foi convidado para planejar e administrar a criação de uma ecovila no bairro da Serrinha, em Bragança Paulista e entrou em contato com o setor cultural ao organizar a gestão financeira do Festival Arte Serrinha. Compõe a equipe do Instituto Lebre, que fomenta a cultura em Bragança Paulista. Também presta serviços para a Ceiba Consultoria, uma empresa de restauração florestal.

EDUARDO SOUZA

identidade visual e design

Eduardo de Souza atua no mercado publicitário desde 2000. Trabalhou em diversos segmentos de mercado e com brandings como as multinacionais BASF, Microsoft e Volkswagen. Desenvolve projetos para artistas do cenário nacional como Roberto Carlos e Elba Ramalho. Foi criador do logotipo da casa de shows Espaço das Américas. Participou da criação de Capas de CD e DVD de músicos de destaque no cenário musical brasileiro como Raquel Coutinho, Thaís Gulin e Moska. Também desenvolveu artes para bandas e artistas do cenário independente, como Fabio Levatti, Roberto Terremoto e Black Number Nine. É colaborador do Festival Arte Serrinha desde a sua segunda edição.

LEO DAIDONE

produtor busca vida

Formado em produção audiovisual pela Academia Internacional de Cinema, fez cursos com diretores como Beto Brant, Helena Ignez, Eliane Caffé e Kleber Mendonça Filho, é curador do Cine Drive-in Rural, curador e produtor de eventos do Galpão Busca Vida e produtor de desenvolvimento da Busca Vida. É participante do Festival Arte Serrinha há mais de 13 anos, o qual fez parte importante na sua educação artística e criativa. Fez parte das gravações do curta-metragem “Modo Ave” de Beto Brant em 2012, em o longa-metragem Ralé de Helena Ignez no ano de 2015 e no projeto audiovisual entitulado “Mapa Afetivo” dirigido por Eliane Caffé em 2018.

FABRICIO PANIZZA

produtor cultural

Desde 1998 participa da montagem de diversos espetáculos e festivais culturais. Atualmente, realiza a produção técnica do Festival Arte Serrinha, projeto Arte Cidadã, Circo Amarillo, As Feiosas, Instituto Entrando em Cena, Projeto Imagens Vivas e Rota das Artes Serrinha.

SERGINHO MORAES

produtor cultural

Músico há 35 anos, se dedicou ao piano durante 9 anos e por 4 anos à bateria. Produtor cultural desde 2003, realiza também suporte técnico a artistas no Festival Arte Serrinha de 2011 até hoje.